Seguidores

domingo, 11 de agosto de 2019

Pai, Quem tem, cuide...


PAI, QUEM TEM CUIDE...
*
Quem tem o seu pai na terra
Preste bastante atenção
Cuide bem não abandone
Tenha consideração
Palavras não valem nada
Presente vira piada
Se falta do filho ação.
*
Um pai quando fica velho
Necessita de cuidado
De cuidado e de carinho
E jamais ser renegado
Pense que futuramente
Será velho igualmente
Sem querer ser desprezado.
*
Versos de Dalinha Catunda

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

A MOÇA TRISTE


A MOÇA TRISTE
.
Alta, branca tão bonita
Mas quanta dor nela existe
No dourado dos cabelos
Sua nobreza persiste
Caminha com elegância
Deixando sua fragrância
No caminho a moça triste.
*
Nos lábios um ar de riso
No olhar tanta tristeza
Compondo sempre o semblante
Sem ofuscar a beleza
Da rapariga tristonha
Que não vive, apenas sonha,
No seu mundo de incerteza.
*
Pobre princesa sofrida
Que conseguiu ser rainha
Porém vive acorrentada
Mesmo se solta caminha
Em cada canto do rosto
É visível seu desgosto
Ao transportá-lo definha.
*
E na sua ingenuidade.
Príncipe era encantado!
Palácio sem atração,
Castelo desmoronado,
É a causa do desgosto
Tracejado no seu rosto
No fracassado reinado.
*
Versos de Dalinha Catunda cad. 25 da ABLC
 [[Imagem:Eugene de Blaas On the Beach.jpg|thumb|180px|Legenda]]

terça-feira, 30 de julho de 2019

VAMOS CELEBRAR A VIDA



VAMOS CELEBRAR A VIDA
ENQUANTO A MORTE NÃO VEM.
*
DALINHA CATUNDA
Não vivo me lastimando
Não vivo buscando briga
E não sou mulher de intriga
A vida levo cantando
Os males vou espantando
Pois desejo viver bem
Só faço o que me convém
E o destino me convida:
VAMOS CELEBRAR A VIDA
ENQUANTO A MORTE NÃO VEM.
*
BASTINHA JOB
Elimine o pessimismo 
Ele é veneno letal
Pra ter a vida legal
Adote o otimismo
Que faz bem ao organismo 
O mal se torna refém 
Os anjos dizem amém 
Com saúde garantida:
"VAMOS CELEBRAR A VIDA
ENQUANTO A MORTE NÃO VEM"
*
JOSÉ WALTER PIRES
Estou na carreira solo,
Mas me ocupo todo o dia,
Pois a inércia me agonia
E a preguiça logo isolo;
Escrevendo me consolo,
Porque isso me faz bem,
Sem fazer mal a ninguém,
Por virtude concebida:
VAMOS CELEBRAR A VIDA
ENQUANTO A MORTE NÃO VEM.
*
Mote de Heliodoro Morais

quinta-feira, 25 de julho de 2019

FORRÓ DOS "BOM"


FORRÓ DOS “BOM”

*
No forró “xêro” fungado
Arrepia o corpo inteiro
Descendo pelo pescoço
Vai se espalhando ligeiro
Depois que sai do cangote
O coração em pinote
Vai atiçando o braseiro.
*
Um “forrozim” pé de serra
Um "caboco" dançador
Uma morena fogosa
Uma promessa de amor
Um bate coxa maneiro
Ao som de um sanfoneiro
É coisa que dou valor.
*
O cantador não cochila
O fole toca sem fim
O sanfoneiro parece
Mulher puxando alfenim
O casal se remexendo
O suor dos dois correndo
Forró dos “bom” é assim.
*
Versos e Foto de Dalinha Catunda

quarta-feira, 24 de julho de 2019

NA FESTA LITERÁRIA DE PARATY VII


NA FESTA LITERÁRIA DE PARATY VII
*
ASSIM VI PAOLA
*
Paola Torres chegou
Com a rabeca na mão
E toda cheia de charme
Desfilou pelo salão
A doutora do cordel
Fez um bonito papel
Chamou do povo atenção.
*
Educada e elegante
Isso eu pude constatar
Cheia de adjetivos
Mesmo assim bem popular
Fiquei de fato encantada
Em vê-la nessa jornada
Essa mulher singular.
*
Foto e versos de Dalinha Catunda.


terça-feira, 23 de julho de 2019

NA FESTA DE PARATY VI


NA FESTA DE PARATY VI
*
Alegre, bem animada,
Andréa Boaventura
Veio a casa do cordel
Viu nossa literatura
Cantou com o sanfoneiro
Lá fez o maior salseiro
E mostrou sua cultura.
*
Versos de Dalinha Catunda
Foto de Andréa Boaventura

domingo, 21 de julho de 2019

NA FESTA DE PARATY V



NA FESTA DE PARATY V
*
Tão bonita é Verônica
E vive a se apresentar
Nas cirandas de cordel
Sabe cantar e dançar
Tem projeto feminino
Para o cordel nordestino
Estamos a matutar.
*
Versos de Dalinha Catunda


quarta-feira, 17 de julho de 2019

NA FESTA DE PARATY IV


NA FESTA DE PARATY IV
*
A professora Solange
Veio pra nos abraçar
Comprou o nosso cordel
E chegou a confessar
Que tem na mente uma meta
Montar uma cordelteca
Para o cordel propagar.
*
Versos e foto de Dalinha Catunda

NA FESTA DE PARATY III


NA FESTA DE PARATY III
.
O Santini em Paraty
Chegou chamando atenção
Com seu jeito singular
Pra nossa satisfação
Já faz tempo que ele atua
Vendendo cordel na rua
E encantando a multidão.
*
Fotos e versos de Dalinha Catunda

NA FESTA DE PARATY II



NA FESTA DE PARATY II
*
Moreira de Acopiara
Na FLIP estava também
 Membro da ABLC
Que declama muito bem
Nosso caro companheiro
Foi gentil o tempo inteiro
Traquejo o poeta tem.
*
Versos de Dalinha Catunda
Fotos de Moreira de Acopiara