Seguidores

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

O PINTO SOLITÁRIO

O PINTO SOLITÁRIO
*
Um pinto solitário,
é um pinto infeliz.
Se anda tão solitário
é porque ninguém o quis
o melhor então seria,
Acabar com a agonia,
Cortar o mal pela raiz?
*
Um pinto solitário,
Com certeza amoleceu.
Foi atrás de uma loca,
No caminho se perdeu.
E se nessa caminhada,
Ele deu uma brochada,
É porque o faro perdeu.
*
Um pinto solitário,
Risco do meu caminho.
Isso não se chama pinto
Não passa de um pintinho.
Que por se achar tão fraco,
Dorme em cima do saco
E dos ovos faz seu ninho.
*
Um pinto solitário,
Não enfrenta enduro,
Desse eu me desfaço
Realmente não aturo,
Pois pinto desanimado
Não é pinto é babado
Jamais irá ficar duro.
*
Um pinto solitário
Jamais seria prudente,
É praga e maldição
É castigo, não presente.
É pinto que não belisca
Quando muito ele cisca
Causando ira na gente.
*
Um pinto solitário
Erra a boca do pinico.
Acaba mijando fora
Mas isso eu não critico.
Pois é falta de pontaria,
Bastaria uma bacia
Pra findar com o fuxico.
*
Um pinto solitário
Esqueceu a prevenção.
Sem usar a camisinha,
Teve que sair na mão.
Já um pinto prevenido
É sempre bem recebido
Em qualquer ocasião.
*
Texto de Dalinha Catunda
Foto da internet
           Visite:
http://www.cordeldesaia.blogspot.com/

4 comentários:

- jpMourão disse...

Você é o máximo, Dalinha !

Chica disse...

Rssssssss...muito legal e vamos animar esse pinto!!! beijos,chica

Victor Gil disse...

Olá querida Dalinha.
Um bom ano para ti e todos os teus. Quanto ao pinto, por aqui temos muitos. São solitários, mas não são infelizes. E gostam muito de poleiro.
Beijos minha querida amiga e o meu carinho de sempre.
Victor Gil

Valter Montani disse...

Dalinha a maior tristeza de um pinto e se acabar na mão igual colher de pedreiro, rs

"Deus deu aos pássaros
o dom de voar,
e concedeu aos poetas
o direito de sonhar."

© Valter Montani

Eu sonho com um mundo melhor, mais humano com justiça e respeito entre os homens. O que é preciso para isso? cada um fazer a sua parte, procurarei fazer a minha. Feliz 2011!