Seguidores

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

CINZA E VENDAVAL

Cinza e vendaval
*
Já se foi o carnaval
Com ele a falsa alegria,
A cinza não alivia
Nosso maior vendaval.
Hoje o roubo é banal,
Falta água e falta luz,
E mente quem nos conduz!
Saqueiam nossa nação,
Padece a população
Carregando a sua cruz.
*
 Foto e versos de Dalinha Catunda

3 comentários:

Anginha Sexy disse...

Lindo Poema e verdadeiro
Adorei ler
Beijos

Ricardo- águialivre disse...

Sem dúvida um poema que retrata o que se passa em cada País...Em cada canto do mundo-

...............................
Deixo cumprimentos
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Socorro Carvalho disse...

Oi Dalinha,

Que maravilha esse teu brincar com a poesia de cordel.
Adorei seu perfil. Quanta criatividade e versos encantadores.
Passa lá em meu blog para uma visita.
www.minhasinspiracoes.blogspot.com.br
Um forte abraço