Seguidores

segunda-feira, 4 de março de 2019

É NA IDADE DO CONDOR QUE A DOR SE FAZ MAIS PRESENTE.















É NA IDADE DO CONDOR
QUE A DOR SE FAZ MAIS PRESENTE.

*
DALINHA CATUNDA
Eu não me deito sem ai
Não me levanto sem ui
Ao Doutor um dia fui
Para ver se a dor se vai
Mas a danada não sai
Na verdade ela é freqüente
E não tem cão que agüente
Seu efeito matador
É NA IDADE DO CONDOR
QUE A DOR SE FAZ MAIS PRESENTE.

*
MARCOS MEDEIROS
Depois de passar dos enta,
chegada a maturidade,
vem com dor a nova idade
quando a gente se aposenta.
No frio a dor mais aumenta
atingindo mais a gente.
Sempre tem dor insistente
tendo ou não tendo clamor.
É NA IDADE DO CONDOR
QUE A DOR SE FAZ MAIS PRESENTE.
*