Seguidores

quinta-feira, 2 de julho de 2009

QUADRILHAS E QUADRILHAS



QUADRILHAS E QUADRILHAS

O Brasil está em festa,
É grande a animação.
É tempo de festas juninas
Diverte-se a população
É quadrilha pra todo lado
Neste país abençoado
Com ares de grande nação.

Eu danço em Caruaru,
Danço em Belém do Pará,
Danço no Boi de Parintins,
E me acabo no Ceará.
Eu só não danço em Brasília,
Por ter medo das quadrilhas
Que se organizam por lá.

Na quadrilha do senado,
Grande é a movimentação,
Nessa guerra de quadrilhas
Quem dança é a população.
Que assiste passo a passo.
O Brasil perder o compasso,
Nas mãos desta facção.

Amigos estou viajando para o Ceará dia três de julho. Sempre gosto de prestigiar as festas juninas que se estendem por todo mês de julho em minha cidade Ipueiras-Ceará.
Como última postagem, quero deixar para vocês a alegria desta terra festeira e a tristeza de ver nosso país tão mal representado, com essa, (segundo um senador) “guerra de quadrilhas” no senado.

Meu abraço Carinhoso a todos e até a volta
Dalinha Catunda

21 comentários:

klebercatunda disse...

Oi Dalinha, como sempre você me encanta, com essa linguagem universal nordestina e acima de tudo na nossa terra natal Ipueiras. Você vai, eu fico. Mas morrendo de saudades.

Tereza Mourão disse...

Oi amiga, desta vez nos encontraremos em nossa terrinha,dia 3 também estarei viajando para Ipueiras, já estando em Fortaleza e lá pela 1ª vez vou participar do forró do seu Zeca dia 4/7 rsrs e embora não dance nada, com certeza me divertirei bastante e aproveitamos para por os assuntos em dia. E também para registrar este evento e muitos outros que surgirão. Até lá, uma ótima viagem e parabens por mais estes versos que diz tudo.

Tereza Mourão disse...

Oi amiga, desta vez nos encontraremos em nossa terrinha,dia 3 também estarei viajando para Ipueiras, já estando em Fortaleza e lá pela 1ª vez vou participar do forró do seu Zeca dia 4/7 rsrs e embora não dance nada, com certeza me divertirei bastante e aproveitamos para por os assuntos em dia. E também para registrar este evento e muitos outros que surgirão. Até lá, uma ótima viagem e parabens por mais estes versos que diz tudo.

Maria Emília disse...

Boas férias, amiga, as quadrilhas são tão lindas quanto o seu Ceará. Esperamos por si.
Um beijinho,
Maria Emília

rouxinol de Bernardim disse...

Que a festa seja contigo Dalinha!

E que o sol da vida penetre bem nessa alma sequiosa de viver!

Parabéns!

Victor Gil disse...

Oi Dalinha.
Uau! Ainda vou ver você na bandeira da sua terra.
Desta vez não fui o primeiro a chegar, mas sou o primeiro a partir de fim de semana.
Bom fim de semana.
Beijos
Victor Gil

Helinha disse...

Amiga!

Adorei o post!!

Divertido e real... Enquanto dançamos na quadrilha, a quadrilha do Congresso e Senado nos querem fazer dançar mesmo!!

=)

Aproveite bem sua viagem e traga-nos muitoas fotos bonitas de lá, viu!!

Beijo grande!!

Ana Maria disse...

Olá amiga, muitos festejos aconteceram. Como é gostoso participar dessas festas.
Você está linda na foto, como também tem demonstrado nos comentários, que é linda interiormente.
Beijinhos doces!

São disse...

Quse me apetece pedir-lhe para fazer versos também a nossos políticos de aqui.


Boas férias, linda.

Tais Luso de Carvalho disse...

Rsrsrs, bá, Dalinha, estás de mal com Brasília? Mas lá só tem anjinho!!! Que quadrilha, nada! Os caras são inofensivos, ingênuos... Trabalham por nós, os coitados.

Adorei esses teus versos: brincando, brincando... só falaste a verdade. Vai te divertir, dança muita quadrilha, mas longe lá do Centrão.

Beijos, amiga, saudades.
Tais luso

O Profeta disse...

Haverá?! Há sempre uma deusa perdida
Nos labirintos da contradição
Há sempre alguém que usa a palavra amor
Soprando doce veneno ao coração
Há sempre alguém que nos diz coisas tontas
Há sempre alguém que afugenta a Saudade
Há sempre alguém que nos marca a ferro frio
Há sempre uma alma ausente da verdade

Bom fim de semana


Doce beijo

Nelcima De Morais disse...

Dalinha, você é corajosa viu!É uma mulher que não tem medo de mostrar a realidade que nos rodeia.Tenho vontade de voar assim, mas algo me prende e torno-me quase totalmente dependente. Gosto demais de seu blog. Um grande abraço. Quem sabe um dia nos encontraremos!!Nelcimá

Nelcima De Morais disse...

DALINHA,você é danada demais!!Te admiro pela sua coragem e dedicação em mostrar a realidade que nos rodeia.Somos um pouco parecida, menos essa independência, pois o meu marido não me deixa voar...
bjos nelcimá

lili laranjo disse...

Dalinha
Passei para deixar poesia...



Aconchego

Poesia...
Tantas vezes...
Tão pequenina...
E que tanto...
Encerra...
.....
Hoje...
......
Sem nada escrever...
Apenas a pensar...
Sinto que...
Apenas a poesia...
É o meu aconchego...
.............
Lili Laranjo

Helinha disse...

“Sou jardim
quintal.
Sou sala
sou fogão
forno com pão.
Sou mesa posta
sou cama macia
travesseiro de ervas.
Sou roseira na janela
Sou casa.
Mas a luz só ilumina, amigo,
quando chegas dentro dela.”

A presença do amigo é sempre essencial... Por isso vim te visitar!!

Beijo bem grande e uma linda sexta-feira!!

Coisinhas Daqui e Dali. disse...

Oi Dalinha...
Vim curtir um pouco seu cantinho, e desfrutar através de sua palavra escrita o sabor de ser Nordestina!!
Beijos.

Maria Emília disse...

Ainda de férias. Está fazendo falta por aqui.
Um beijinho,
Maria Emília

O Profeta disse...

Pintei em traços vibrantes
Aprisionei a beleza e a harmonia
Dancei no sabor de irreverentes matizes
Misturei a aurora com o fim do dia

Um violoncelo soltou duas notas sorridentes
Dançaram as cores de forma trágica
Os pincéis inventaram a doçura do teu rosto
Em movimentos de rodopiante mágica


Boa semana


Mágico beijo

Anônimo disse...

Puxa tia Dalinha me encantei com seu Blog..

Eu estava navegando na internet e por acaso vi seu blog. Parabéns!

Karol e Ricardo

São disse...

Continuação de férias gostosas

Beijinho

Tais Luso disse...

Tá demorando, hein, amiga???
Beijão, saudades.
tais luso