Seguidores

domingo, 23 de dezembro de 2018

PRA ELA EU TIRO O CHAPÉU


PRA ELA EU TIRO O CHAPÉU
*
Em meio à ventania
Ela chegava marota
O meu corpo percorria
Fez eu me sentir garota
De prazer eu suspirava
Enquanto ela me molhava
Eu vibrava a cada gota.
*
Pescoço solto pra trás
Rosto virado pro céu
Olhos semicerrados
Minha boca aberta ao léu
Ela naquele momento
Descia com atrevimento
Rasgando de vez meu véu.
*
Sentindo a chuva cair
Com toda sua potência
Ungindo minhas entranhas
Sem ferir minha inocência
Reacendi o prazer
De com ela me envolver
Na mágica experiência.
*

Fotos e Versos de Dalinha Catunda