Seguidores

segunda-feira, 25 de maio de 2020

A DUPLINHA GLOSANDO NA REDE


A DUPLINHA GLOSANDO NA REDE
.
Se a gente sentir desgosto,
A poesia nos consola
Ela é mestra, é a mola

E nem nos cobra imposto;
Ao contrário, nos dá gosto
É catarse, é emoção
E pode ser remissão
Para o pobre penitente:
"MEU VERSO É COMO A SEMENTE
QUE BROTA EM CIMA DO CHÃO".
.
Mote: Dão de Jaime
Glosa: Bastinha Job
.
Quando a dor bate no peito
E a alegria também
O verso me leva além.
Com poeta é desse jeito
A inspiração não rejeito
Pois é nessa ocasião
Que versejo com paixão
Aquilo que o peito sente:
MEU VERSO É COMO A SEMENTE
QUE BROTA EM CIMA DO CHÃO.
.
Mote: Dão de Jaime

Glosa: Dalinha Catunda