Seguidores

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

BENDITO CORDEL


BENDITO CORDEL
*
Ao cordel tão popular
Faço minha louvação
Louvo métrica e rima
Também louvo a oração.
Louvo nosso cordelista,
Que de fato é um artista
Faz arte na produção.
*
Leandro Gomes de Barros
Com a sua sabedoria.
Achou que ia dá pé
Imprimir a poesia
E passou para o papel
O que se chama cordel,
Com base na cantoria.
*
O cordel ganhou o mundo,
Ao virar literatura,
Repassa conhecimentos
Difunde nossa cultura
Aborda todos os temas
Por abraçar tantos lemas
Tem seu jogo de cintura.
*
O cordel literatura
Era um clube do bolinha,
Mas depois de algum tempo,
Houve mudança na rinha
Agora neste terreiro
A mulher abre o berreiro
Fazendo sua ladainha.
*
Por gostar da poesia,
E por ela me encantar
Comecei a fazer rima,
Me danei a versejar.
Com meus versos de mulher
Eu vou metendo a colher
Na cultura popular.
*
Texto e foto de Dalinha Catunda
Visite:
www.cordeldesaia.blogspot.com
www.rosarioecordel.blogspot.com

2 comentários:

✿ chica disse...

E o fazes sempre muito bem!!! beijos,chica, obrigado e já está lá!

A Poesia de Sueli Valeriano disse...

olá Dalinha, assim como você também tenho metido minha colher na cultura popular. Sou cordelista e mora na cidade de Ituberá-Ba.
tenho acompanhado o blog cordel de saia.
Parabéns pelo seu trabalho.