Seguidores

terça-feira, 15 de abril de 2008

Dengue em Cordel


O Fim da Picada

Quem diria minha gente,
Eu nem posso acreditar,
A picada de um mosquito
Hoje é arma de matar
E a saúde decadente
Não consegue nos salvar.

Vejo famílias chorando
A morte de entes queridos,
Que partem na flor da idade,
Não há nada mais sofrido.
O descaso contagioso
De morte nos deixa ferido.

Morrem adolescentes,
Criança, idoso e mulher.
A doença é uma praga,
É um salve-se quem puder,
E a culpa meu amigo,
Ninguém sabe de quem é.

Nem São Jorge nem espada
Nos salvará nessa hora.
O negócio e ir à luta
De pressa e sem demora,
O caminho é a prevenção
Pra esse mal que apavora.

Não deixe pneu jogado,
Não jogue latas no chão.
Caixa d’água destampada,
Ajuda na proliferação.
Não deixe água parada,
Evite a contaminação.

Nas plantas de sua casa,
Tenha um cuidado maior.
Pondo areia nos pratos
Tudo ficará melhor
Desalojando o mosquito
O perigo é bem menor.

Não caia nos milagres
Da igreja universal.
O óleo santo oferecido
Jamais vai curar seu mal
Quando muito ele serve,
Pra lustrar cara de pau.

Se óleo santo servisse
Serviria água benta.
E a igreja católica
A receita não apresenta.
Por isso fique esperta.
A receita é ficar atenta.

Se sentir dor de cabeça,
E dor nas juntas também,
Mal-estar ânsia de vômito,
Não espere por ninguém,
Antes que a febre chegue,
Vá ao médico, pro seu bem.

Tome bastante liquido,
Que evita a desidratação
Na base do acetilsalicílico
Remédio não tome não,
Assim dizem os médicos,
Interfere na coagulação.

A população padece
A situação é dramática
Temos a hemorrágica,
Além da dengue clássica.
Precisamos com urgência
De uma medida drástica

Usar um repelente,
É uma boa medida.
Mas isso não quer dizer,
Que você está protegida.
É apenas um paliativo
A se usar nessa corrida.

Receba bem os guardas,
Que fazem à varredura,
Abra as janelas ao “fumacê”
No mosquito dê uma dura.
Ajude aos que combatem
Para evitar amarguras.

Cuidar da nossa saúde,
É mais que obrigação.
Também devemos cobrar.
Aos que dirigem a nação.
Que nos devem casa, comida,
Saúde, segurança e educação.

A quem pertence o mosquito?
Não sei, nem quero saber.
Só sei que é o fim da picada,
Por causa dele morrer,
Sabendo que justas políticas,
Poderiam nos socorrer.

O aedes aegypti taí
A dengue está no ar.
Precisamos combater,
A picadura mortal,
E a picaretagem política
Que é nosso maior mal.


Imagem retirada do: commons.wikimedia.org

9 comentários:

Anônimo disse...

Dalinha, acho triste o que ocorre no Rio, e já começa a aparecer aqui em Fortaleza, falo do problema da dengue. Mas respeito e admiro sua rima, que me soa como um bem feito protesto. Parabenizo-lhe por usar sua arte de bem versar a serviço da causa da saúde.

Bérgson Frota

Carlinhos Medeiros disse...

Dalinha, cada um de nós é responsável pela erradicação da doença. Os governos são responsáveis em cuidar da saúde e nós em preservá-la.

Se cada morador fizesse a sua parte, o mosquito não proliferava.

Abs e parabéns!

Dalinha Catunda disse...

Pois é Bérgson, a dengue não escolhe classe social e veio firme para tirar o sossego de todos, tirando um pouco o brilho do Rio.Obrigada pelo carinho de sempre.
Com certeza Carlinhos,Mas infelizmente a saúde publica beira o caos em todo País.Confesso que hoje sinto saudades da nossa muriçoca, com sua cantilena e picada inofensiva.
a melhor pedida, realmente, será o acirrado combate da população ao famoso mosquito.
Obrigada por passar por aqui.

Oliver Pickwick disse...

Uma idéia original, a literatura de cordel esclarece, além de cobrar dos picaretas responsáveis, o drama vivido por muitos brasileiros de uma infecção extinta na maioria dos países.
Dá-lhe, Dalinha! Na próxima xingue a mãe desses caras.
Um beijo!

Jean Kleber Mattos disse...

Dalinha, queremos lhe dar os parabéns por este cordel. Pela criatividade e coragem. A carioca Heloisa, sua amiga, leu e me disse: "Fala p´ra Dalinha que eu assino embaixo". Parabéns e um beijo.

Dalinha Catunda disse...

Oliver,
Ajudo como posso, primeiro não contribuo com atitudes favoráveis a proliferação do mosquito. E com minha arte tento levar informação a população e um pouco de minha indignação.
Jean Kleber,
O sangue cearense as vezes sobe, e me deixa destemida. Talvez até por um temor maior, pois estou no Rio de Janeiro, onde o surto acontece com mais intensidade. Diga a minha amiga Heloisa que sei que ela é ds minhas.
Um abraço a todos,
Dalinha

Ioshiko disse...

Dalinha, divulgue à seu modo:
Para ajudar no combate à dengue,plantem citronela(a essência de citronela-cymbopogom nardus, mata larvas e pupas em 3 horas, 1 colher (sopa) para 1 litro de água,( peço que façam a experiência!),manjericão,tagetes patula,usem seus derivados(desinfetantes,essências,óleos,velas,sabonetes),criem muitos predadores do aedes:aranhas mosquiteiras,lagartixas de parede,libélulas,pássaros insetívoros,peixes guppy nos reservatórios de água,sapos,além de telar caixas dágua,eliminar possíveis criadouros, usem bacillus thuringiensis,armadilhas Adultrap prende a mosquita adulta(serão 450 ovos que deixam de criar!).Não usem veneno químico, o aedes já adquiriu resistência, mas, mata seus predadores, e assim a dengue prolifera livremente.Basta analisar:onde mais se investiu com inseticidas(Pan 2007) é onde mais aumentou casos de dengue. Os predadores são consumidores vorazes do aedes, tanto na água como em terra, muito mais eficientes que qualquer medida artificial. Pesquisem para comprovar! Perfume também espanta o mosquito.Passem nas partes descobertas. Colocar uma caneca de plástico com ½ de água e 2 gotas de essência de citronela, deixe perto da cama.O cheiro permanece até o dia seguinte e o mosquito não se aproxima.
nobukunister@gmail.com

"O uso sem critério do fumacê causa impactos ao meio ambiente, provocando mortes de insetos polinizadores, tais como, abelhas, vespas e borboletas, além dos predadores naturais que exercem a função de controladores das populações de vetores", afirmou.

藍正龍Blue disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色

cereja disse...

oi Dalinha,achei seu texto muito interessante e usei na turma da 6ª série do fundamental;Você foi criativa em tentar conscientizar a população com algo tão nordestino.
Muita rima pra você e fique com DEUS.