Seguidores

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

FLOR DE MUÇAMBÊ


Foto tirada nas férias de janeiro de 2009 na cidade de Ipueiras-Ce

FLOR DE MUÇAMBÊ

Uma lembrança singela,
Que tenho e gosto de ter
É da florzinha branca,
Chamada de muçambê

As margens dos açudes
Encantava meu olhar
Aquelas flores brancas,
Tão graciosas a bailar

Por certo a fresca brisa,
Vinha somente beijar.
As lindas flores faceiras
Que se remexiam no ar

Flores que trazem magia
Repletas de esplendor.
Ornamento natural.
Paisagem do interior.

3 comentários:

Jean Kleber Mattos disse...

A delicadeza da flor de mussambê mereceu versos tão delicados quanto ela. Parabéns.

Aelita disse...

Adoooorei saber que outras pessoas, tambem curtem essa florzinha tão singela.Faz parte da minha infancia ema caruaru-Pe.O poema é muito lindo!!!!!!! parabens

Jussara Burgos disse...

Amei seu poema. Poeta é assim ver uma florzinha que nasce em munturos e ela serve de inspiração para versos tão singelos. A flor do muçambê sempre me chamou atenção por sua beleza, ela é muito comum no sertão pernambucano onde nasci. Depois mudei para o centro-oeste e a vi em Goiás.Parabéns Dalinha, continue fazendo versos. Ficarei visitando seu Blog. Um buequê de flor de muçambê para você