Seguidores

segunda-feira, 15 de março de 2010

ACOR DA PAIXÃO



A COR DA PAIXÃO

Tomei banho, fiquei cheirosa,
Parecia até uma rosa.
Suave em seu nascer.
Deitei-me a beira do lago,
Imaginei seus afagos,
Arrepiei-me de prazer.

A água que o vento embalava,
Refrescava minha alma,
E em sonhos traziam você,
Que dentro de tanto encanto,
Sem poder fugir ao canto,
Amou-me sem se conter.

Quando a tarde esmorecia,
O escarlate que havia,
Tingia o meu coração.
Sonhava de olhos fechados,
Acordei com um céu encarnado,
Da cor da minha paixão.

TEXTO: Dalinha Catunda
FOTO:br.olhares.com/por_do_sol_romantico_foto14237...

17 comentários:

Chica disse...

Noooooooossa, arrepiantemente lindo!beijos,chica

Edu Leon disse...

És uma pessoa apaixonada.
Abrçs.

Airton Soares - "AS" disse...

Dalinha é poeta MultPlusHiperSuper...seu verso transita com igual espontaneidade no Chique, no Pop, no Popular, no Copular...no Amor amasso, no amor amante...com um detalhe que faz toda a diferença. Sem nenhum laivo de chuleza e pequenez.

Por fim, a beleza do cântico de seus versos inebria e "arrepiantemente" nos leva ao êxtase do divino gozo poético e...do gozo gozo...

Seu eterno fã
AS

SAM disse...

Huauuuuuuuuuuuuuu bonito demaisssssssssss! Dalinha você é uma mulher intensa como pessoa e na sua arte poética. Beijão, amiga!

Rosário Pinto disse...

Mulher!!!!
Que PAIXÃO!!! Essa é daquelas que arrepiam a alma. Meus Deuses!!! Acho que todos já vivemos uma paixão assim e, ainda queremos viver. A PAIXÃO não tem tempo para acontecer... ACONTECE!!!
Breijo no seu coração, parceira de outras tantas paixões - a poesia, D. Inês e, quantos joãos...

CESAR CRUZ disse...

Gostei da emoção, gostei das rimas inocentes (como as das poetisas que mais gosto!) e gostei da métrica. Invejei!

bjão
Cesar Cruz
S.Paulo

Cristina disse...

Visitem o meu blogue: http://certezasdeincertezas.blogspot.com/
Bjinho

Manoel Messais Belizario Neto disse...

Dalinha é um prazer imenso estar seguindo um trabalho tão valoroso quanto o seu e tê-la também como seguidora do meu blog. Gostei muito desta poesia assim como de tudo o que vc postou.

Anne Lieri disse...

Dalinha,muito linda e apaixonada sua poesia!Adorei!Bjs,

Valter Montani disse...

Muito lindo mesmo! Parabéns Dalinha, foi fundo, superou! bjs

João Alberto disse...

Maravilha Dalinha!A paixão encanta, é como disse Voltaire: "As paixões são como ventanias que enfurnam as velas dos navios, fazendo-os navegar; outras vezes podem fazê-los naufragar, mas se não fossem elas, não haveriam viagens nem aventuras nem novas descobertas".
Grande abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
lindo,
,
a cor da paixão,
emerge do
Cantinho da Dalinha .
,
conchinhas, deixo,
,
*

Pedro Monteiro disse...

A cor da Paixão depende dos "olhos" de quem olhar:

Dalinha muito obrigado
Por ter vindo me avisar,
Usando sabedoria
Também quero reiterar:
Gosto das boas mensagens
Vindas do seu Versejar.

Chica disse...

Voltei aqui pra agradecer e avisar que está lá!beijos,chica

Ana Carvalho disse...

romântico (L)

laislabonitta.blogspot.com

Ana Paula Marinho disse...

Nossa, eu já li essa poesia umas quatro vezes!
Quanto amor, quanta paixão hein?!
Gostei demais da sintonia romântica da poesia.
Mais um vez parabéns querida! Arrasou como sempre...

Beijão

Rosário Pinto disse...

Mulher!!!
O Recado/ado Foi inventado e transgrediu toda a estrutura rímica da poesia de cordel, exatamente para mostrar essa PAIXÃO de que você fala aí nos seus versos A cor da paixão. Você diz a que veio e sabe fazer poesia.
bjos,