Seguidores

quinta-feira, 24 de maio de 2012

FUMO EM NÓS


FUMO EM NÓS
*
O que realmente abunda,
Nesta gigante nação
É a chamada falcatrua,
Dos desonestos em ação,
São os corruptos voltando,
E o povo neles votando,
A cada nova eleição.
*
Uma cascata de lama,
Assola nosso torrão.
A justiça é uma gota,
Morosa na punição,
Com isto não me acostumo
Pois quem leva mesmo fumo,
Somos nós, população!!!
*
Texto Dalinha Catunda
Ilustração: Amarildo

6 comentários:

Gracita disse...

Oi querida amiga Dalinha
Depois de alguns dias de ausência devido a problemas pessoais, vim trazer-te meu carinho e meu abraço. Tem selinho comemorativo lá no blog. E você é parte essencial dessa conquista. Obrigada por me permitir compartilhar de sua amizade.
Beijinhos floridos
Gracita

Paulo Francisco disse...

Bravo! gostei e muito.
Um beijo

Anônimo disse...

Dalinha, associando seu texto anterior, do bode, com esse da roubalheira oficial, podemos saber que os politicos são os bodes que trepam no povo para alcançar as folhas mais tenras. Tudo isso as custas do silêncio em troca das migalhas oficiais.
Eduardo

Dalinha Catunda disse...

Querida Gracita,
Vivo correndo entre Rio de Janeiro e Ceará, mas sempre que posso visito os amigos e respondo os comentários que adoro ler.Sou eu quem fica feliz com sua amizade.

Dalinha Catunda disse...

Pois é Paulo,
Tem horas que a gente deve rasgar o verbo mesmo.
Bjim

Dalinha Catunda disse...

Com certeza, Eduardo,
A boca do pobre é fechada com esmolas e dos maiorais com propina.
E no mais, nosso povo é acovardado mesmo.
Um abraço