Seguidores

domingo, 31 de maio de 2009

A VOLTA DO SERTÃO




Nas fotos meu divertimento e meu descanso.

Meus amigos (as),
Antes de falar da minha volta, quero agradecer o carinho dos que continuaram passando por aqui. Obrigada aos novos seguidores, aos novos amigos que fizeram seus comentários neste blog e aos amigos de sempre que já possuem vaga cativa.
Meu muito obrigada e meu abraço carinhoso a todos

A VOLTA DO SERTÃO

O Carão cantou, a asa branca voltou e eu como não sou besta, nem nada, fui dar uma espiada em meu sertão.

Nunca vi tanta chuva, nunca vi tanta água molhando meu Ceará. Para falar a verdade, acho até que São Pedro errou na mão, e tacou água foi sem pena mesmo.

Aqui com meus botões, fico pensando... Como andará passando tatu e preá com as locas encharcadas? É um tal de bode se esconder, que só vendo. Já os patos... Estão em festa. Até cobra engolindo rã andei vendo por lá.

As estradas se acabaram, as aulas foram suspensas e a chuva não deu trégua.
Até o ultimo momento que passei em Ipueiras, foi debaixo d’água.

Dizem que há muitos anos não acontecia um inverno tão rigoroso.

Apesar das intensas chuvas, minha viagem foi uma maravilha.
Comi: milho verde, feijão verde, maxixe, meu café da manhã era com tapioca lambuzada com manteiga da terra. Comi muito baião-de-dois de feijão novo e com bastante queijo, entre outras iguarias que nos traz a estação das águas.

Matei o desejo de tanto comer fruta-do-conde, nossa ata, e pinha para outros.
A ata era colhida num pé que foi plantado na porta de minha casa, ele resolveu me abastecer de suculentas frutas nesta minha temporada.

O melhor de tudo foi tomar banho no rio que passa dentro de minha propriedade, com a meninada. Uns chamam o rio, de Timbó, outros de Cadoz. Bom, o certo, é que o rio desce da serra grande e deságua no Jatobá e vai ganhando o nome dos lugarejos por onde ele passa.

Senti-me uma piaba, uma criança e dona de uma felicidade imensa, que não saberia traduzir com palavras.
Posso afirmar para meus amigos que voltei de alma lavada e renovada com este banho de interior.

A caatinga renascida, esverdeada, mandacarus com seus frutos vermelhos, a variedade de flores formando um tapete colorido, as borboletas com seus vôos matinais, a passarada comendo melão Caetano que subiam pelas cercas, tudo isso faz parte da paisagem nordestina renovada com as chuvas e que tanto me encanta nesta época.

Apesar de ter passado uma temporada maravilhosa, Com fartura e sem riscos, não posso omitir a calamidade que se abateu sobre o Nordeste e a sina triste que padece essa região. Ou sofremos com a seca, ou somos destruídos pelas águas exageradas.

7 comentários:

Jean Kleber Mattos disse...

Seja bem vinda amiga!!!
Excelente documentário!!!
Estamos felizes com a sua volta.
Beijos
Jean e turma

Ana Maria disse...

Que bom que retornou, e trouxe tantas notícias do nordeste.
A natureza está inquieta.
Chuva, seca, calor, frio.
Tudo acontecendo.
Beijinhos!

Helinha disse...

Seu nordeste é lindo e seu blog também!

Gostei muito de te visitar, e espero sua visita também!

Tem um selinho lá, do meu blog, para vc!

Beijo grande!

João Alberto disse...

Bom retorno Dalinha, vi que curtiu bastante as ferias no sertão. As chuvas continuam castigando o nordeste e norte brasileiro.
Grande abraço.

Victor Gil disse...

Oi minha querida amiga.
Que bom você voltar ao nosso convivio. Ui que inveja!

Quem me dera poder molhar
na tua chuva,
provar os teus sabores,
mergulhar no teu rio,
entre o calor matar a sede,
partilhar essa paisagem
e no alpendre a tua rede.

Beijão
Victor Gil

Tais Luso de Carvalho disse...

Dalinha, estou passeando pelo teu blog e lendo tuas saudades. Muito divertida a maneira que contas, dá uma vontade de comer tudo isso, tomar o teu café da manhã, e comer destas frutas tão estranhas para nós, aqui do sul.

Após o teu comentário no meu blog, logo que chegaste, deixei lá minhas boas vindas, ou bom retorno. E teu último comentário me fez rir bastante.

Continuarei por aqui mais um pouco, lendo coisas interessantes e contadas com muito humor.

Beijão, amiga, e bom domingo!
Tais

Edmar Cordeiro disse...

Dalinha vc se diverti com essa meninada.Acho bonito teu lado nordestino nato.Parabens te admiro.Edmar