Seguidores

domingo, 11 de outubro de 2009

APOSTANDO NA VIDA


Foto: dalinha Catunda

Olá amigos estou fechando a porteira do cantinho da Dalinha, por uns dias, vou até o Nordeste. Em novembro estarei de volta. Ah!!! a porteira está só encostada. A casa é de vocês, podem entrar na minha ausência.

APOSTANDO NA VIDA

Dalinha Catunda

Às vezes eu me aborreço.
Às vezes me entristeço.
Outras tantas sou infeliz.
Porém, vou levando a vida,
Curtindo uma ânsia atrevida,
De apostar no porvir.

Não quero olhar a vida,
Apenas por uma janela.
Não quero viver suspirando,
Feito eternas donzelas.
Se viver é correr riscos
Encaro sem medo a mazela.

Eu quero o gozo da vida.
Quero abrir feridas.
Sangrar se preciso for.
Quero chorar a partida,
De cada paixão perdida,
Que ardeu e se apagou.

Só não quero viver a apatia
De uma vida sem magia,
De quem se desencantou.
Atrás das cores da vida,
Sou primavera florida,
Que o tempo não desbotou.

19 comentários:

Victor Gil disse...

Olá querida Dalinha.
Uma boa viagem até ao teu verdadeiro cantinho. Uma boa estadia no teu Nordeste. Fico te esperando ao regresso, para que me contes as histórias que vais trazer concerteza.
Beijos amiga
Victor Gil

Chica disse...

Que lindo,Dalinha!Adorei essa porteira!Boa viagem ,descanse bem e volte logo,beijos,chica

CESAR CRUZ disse...

Dalinha,

Observando com atenção seus poemas, achamos neles algo cru, que nos remete a um João Cabral de Melo Neto. Uma coisa forte. Livre, um pouco, daquelas melosidades que os poetas insistem em despejar sobre a gente. Seu poema é da terra, palpável. E isso que aprecio nele.

bj

São disse...

Uma viagem agradável e de que restem felizes memórias, é meu simcero voto.

Um abraaaço graaaaande.

Tereza Mourão disse...

Boa viagem querida amiga, pena não poder te acompanhar, mas sei que quando retornares da terrinha terá bastante novidades, e fico feliz em saber que pretendes passar teu aniversário em 28/10 se não me engano em nossa Ipueiras. Faça uma festa bem bonita e depois nos conte viu? Boa viagem e até breve, se Deus quiser com mais inspiração ainda. Intéeeeee

Ana Maria disse...

Amiga, descanse e volte logo.
Sua ausência entristece.
Beijinhos de luz!

Tais Luso de Carvalho disse...

Oi, amiga, aposte na vida, vá e volte que estarei sempre aqui lendo teus lindos versos cheios de otimismo. Não tenho dúvidas que teu caminho é muito florido...

meu carinho
tais luso

Bérgson Frota disse...

Valeu Dalinha gostei da foto e da poesia, seu caráter e personalidade sempre foram autêntico e positivos, é isso que faz ser quem você é. Parabéns.

Anônimo disse...

Oi Dalinha. Tu vais eu fico, minha saudade te acompanha, mas com a certeza sempre viva de rever nosso precioso chão.
Um abraço do saudoso amigo.
Kleber.

João Alberto disse...

Olá Dalinha,
Faça uma boa viagem e aproveite todo o tempo para curtir a vida numa boa. Aguardo seu retorno e que venha cheio de novidades.
Beijo no coração.

Airton Soares - "AS" disse...

:: Aposto no seu sucesso...
:: "Apostando na vida"...pra lá de bom.

Bjs

Coisinhas Daqui e Dali. disse...

Vim deixar um abraço e você veio me visitar rsrrsrrs....seja bem vinda!!!!
Beijos

Tais Luso de Carvalho disse...

Que viagem, hein, amiga?! Parece que não quer mais voltar...

bjs
tais luso

Oliver Pickwick disse...

Ora, Dalinha, sabe muito bem que o nordestino é, antes de tudo, um forte. Tanto na vida, quanto na poesia, as cores vivas, a magia e o encanto sempre estarão presentes. Afinal, por quais motivos acredita que sobrevivemos por todos esses séculos?
Aguardo o seu regresso.
Um beijo!

São disse...

Esperando que tudo esteja nos conformes, deixo meu abraço.

Tereza Mourão disse...

Amiga, hoje 28/10 é um dia muito especial, pois é seu aniversário e como gostaria de está aí em Ipueiras, nossa terrinha querida que dia 25/10 completou 126 anos e hoje em seu sítio vc está a receber os amigos e parentes, que lá vão lhe abraçar e prestigiar esta poetisa arretada, guerreira, amiga, leal e que nunca esquece suas raízes. Dalinha, falar de vc é muito fácil, dizer que te amo, que te quero bem como a uma irmã, é muito fácil, que desejo a vc toda a inspiração do mundo, que junto a estas palavras vai também uma braçada de flores, de preferencia as margaridas, as amarelas e que segunda feira 2/11 chegue logo para vc voltar a nos contar as novidades em seu blog, e também porque todos seus amigos estão sentindo muitas saudades sua.
PARABÉNS, MUITAS FELICIDADES, HOJE E SEMPRE E ATÉ BREVE.
Sua amiga e conterrânea que te adora.
Tereza Mourão

rouxinol de Bernardim disse...

Amiga:

O sortilégio da vida é isso mesmo.
Aqui descrito com tanta elegância, com tanto fulgor, tanta pertinência...

Parabéns...

Ana Maria disse...

Ô de casa! Tem gente aí?
Já chegou da viagem Dalinha?
Ô de casa!
É, ainda não tem ninguém em casa.
Depois eu volto, ela deve estar chegando.
Beijinhos de saudades!

SAM disse...

Belo, Dalinha!!! Incorporei o teu poema. Sei que a viagem foi ótima e que o retorno deve ser cheio de boas novas, com muita inspiração.

Beijos, amiga!