Seguidores

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

PROTESTO DE MULHER!



PROTESTO DE MULHER

Em oito pés de Quadrão
Vou cantar preste atenção
Não venha dizer que não
Que não vou lhe obedecer.
Eu sou cria nordestina
E canto desde menina
Meu canto é minha sina.
Dispenso seu parecer.
*
Você que se diz poeta,
Do repente um atleta
Dono de obra completa
Que segue a tradição.
Você que dá nó em tripa
Em todos mete a ripa
Vá voar com sua pipa
Distante deste meu chão
*
Não venha meter colher,
No meu canto de mulher
Que canta como bem quer
Sem nunca se acanhar.
Sei que não sou repentista,
Sou um tanto anarquista
Mas se eu estou na pista
Não cheguei para apanhar
*
Eu não sou desaforada,
Nem tão pouco afamada
Só sigo a minha estrada.
Se quiser me acompanhar,
Eu digo: não sou novela!
Não caia nesta esparrela
Em mim você não atrela,
Pode o seu rumo Tomar.
*
Se você é sol sou lua
Que também hoje atua.
Meu canto levo pra rua
Já escapei do fogão!
Não fujo de cantoria,
Onde a dona poesia
Sai da boca de Maria
Que pisa firme no chão.
*
Homem deixe de besteira
Não estou de brincadeira
Meu canto não é asneira
Pra você me censurar
Deixe de ser egoísta
Com este canto machista
Vá baixando sua crista
Pois não vou lhe aturar
*
Em oito pés de quadrão,
Tomei minha decisão,
Fiz minha reclamação,
Pois o momento requer.
A mulher quer liberdade,
Pra cantar sua verdade
E ter na realidade
Seus louros como mulher!

Imagem e texto de Dalinha Catunda

12 comentários:

Chica disse...

Muito legal,Dalinha e mostra a força e a mulher decidida que sabe a que veio...beijos,chica

Mgomes - Santa Cruz disse...

Ola Dalinha: Você é fogo muito bem grande protesto de mulher essa mulher dá que falar adorei.
Um beijo Santa Cruz

Rosário Pinto disse...

Oi miga,
Muito faceira e muito guerreira essa mulher arretada!!!!
Bjs,
Rosário

Dalinha, mulher faceira,
Cheia de garra e encanto.
No amor ou no protesto,
No sorriso ou no canto.
Chega com seus talentos,
Expondo os seus rebentos.
Nunca mostra desencanto.

Tereza Mourão disse...

Bravo amiga, esta é a Dalinha guerreira, sabe o que quer e o que diz e não leva desaforo pra casa. Bjos no seu coração.

Salete Maria disse...

Queremos parabenizar pelo site e aproveitar para convidar você a visitar nosso blog www.cordelirando.blogspot.com onde você poderá ler o mais recente cordel intitulado VISÃO DO "STF" SOBRE A LEI FICHA LIMPA.
Um forte abraço!

Menina disse...

wow, I liked this very much!

Anônimo disse...

ola Dalinha reecontrar essa mulher talentoza , que brotou daquela menina moleca faceira que tantas vezes eu ficava a olhar da janela do meu oitão, como chamava-mos, foi prazer beijão continuas assim.

Licínio Filho disse...

Dalinha,
mas quem foi esse que te esquentou o sangue lhe provocando a palavra?
Seja quem for...hummmm!!!!!Deva estar desconsertado.
Eu gostei.
Abração.

Genny Xavier disse...

Querida Dalinha,
É isso, seus versos mostram a força das mulheres que têm atitude, que sabem bem fazer a diferença no mundo de hoje...
Que sempre venham as rimas corajosas!
Beijos,
Genny

SAM disse...

Bravo Dalinha! Fiquei eufórica com este maravilhoso protesto poético!

Beijos nossos, amiga

NICODEMOS disse...

Olá Dalinha, é a primeira vez que visito seu blog. Quero dizer que amei suas poesias, São claras e diretas como convém a bons nordestinos. Esta; "Protesto De Mulher" achei especial. Parabéns. Na oportunidade, agradeço a poesia sobre mim no Blog "daquidepitangui" Me sentí honrado e feliz em ser um Pitanguiense, e ter a oportunidade de fotografar as belezas da minha terra, que foram apreciadas por gente como você. Abraços. NICODEMOS ROSA.

sandra disse...

maravilhoso