Seguidores

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

DIA CHUVOSO



DIA CHUVOSO

O dia amanheceu cinza,
Sem nenhum sinal de sol.
E a chuva caindo fina
Embaçava o arrebol.
Um ar de melancolia
Incorporou-se ao dia
Busquei cama e lençol.
.
O inverno que me perdoe,
Mas não é minha estação.
Eu gosto é da primavera
E do sol quente do verão.
O sol é vida e pujança,
Estimula a esperança
E acalora o coração.
.
Mas é bem interessante,
A mudança de cada estação.
E justamente a alternância
Que nos tira da estagnação.
Se os dias fossem iguais
Não saberíamos jamais
O sabor de cada ocasião.
.
Texto e foto de Dalinha Catunda
Visite também: wwwcordeldesaia.blogspot.com

11 comentários:

gorettiguerreira disse...

Oi Dalinha!
Bom mesmo é estar aberta a cada Estação, seja inverno ou verão.
Bjs de luz.
Goretti

Ana Maria disse...

Aqui, amiga, continua seco , sem chuva. Um solzão, bem tropical mesmo.
Saudade de uma chuvinha!
Beijinhos iluminados!

Mgomes - Santa Cruz disse...

Olá Dalinha: Mesmo o dia chuvoso deu para escrever um poema lindo como sempre tu escreves.
Beijos
Santa Cruz

Nelcima De Morais disse...

Oi, Dalinha! Amei os versos.Seus poemas são sempre encantadores. Parabéns!Obrigada pela visita. bjos!

João Alberto disse...

Oi Dalinha,
Lindo poema. Nada melhor do que lençol e cama num dia chuvoso. Enquanto isso no nosso nordeste está fazendo aquele calor arretado.
Grande abraço.

AFRICA EM POESIA disse...

Dalinha

Lindo Poema
Adorei.

Vim agradecer a visita e deliciar-me...


Um beijo

Licínio Filho disse...

Dalinha,
aqui no centro-oeste mineiro é sequidão total, não chove há quase três meses, coisa horrível.
Aguardamos pela chuva.
Lindos versos nesta postagem.
Abração.

Verânia Aguiar disse...

lindo :)

Valdecy Alves disse...

PARARIA ESPIRITUAL CIBERNÉTICA

Você artista, idealista e criador(a).. está convidad@ a participar da Padaria Espiritual. Agremiação cujo nome é uma homenagem a um dos mais antigos e famosos movimentos culturais do Brasil, a Padaria Espiritual fundada em 1892. O presente grupo é composto por blogueiros, escritores, fotógrafos, dramaturgos e cineastas de todo o Brasil. Ou quem domine várias linguagens ao mesmo tempo,com objetivo de integrar os criadores, divulgar suas obras, no mínimo uma vez por mês, e oferecer cultura de qualidade aos ciberpúblico e apreciadores da cultura além de com eles interagir. Na verdade, dentro da filosofia dos criadores da Padaria Espiritual: OFERECER PÃO PARA A MENTE, PARA O ESPÍRITO, PARA O ENLEVO, O ENCANTO E O CRESCIMENTO DE TOD@S. Eis o link:
http://pt-br.facebook.com/group.php?gid=149493511749734

Vieira Calado disse...

Vocês aí estão com sorte.

Vão para a Primavera.

Nós, cá,

para o Outono...

Bjs

Rosário Pinto disse...

Amiga, nunca teve cerca para você: nasceu poeta MESMO!

Essa mulher vê beleza
Mesmo em dias nublados
Não posso lhe questiona
Ficamos agasalhados
O frio não nos alcança
Na cama aconchegados
bjs,
rosário