Seguidores

quinta-feira, 7 de julho de 2011

QUE FRIO!


QUE FRIO!
*
O Rio que é tão bonito
Cidade de muita luz
Agora está muito frio
E o frio não me seduz
Sempre que vou pro chuveiro
Grito valha-me Jesus!
*
A cidade está cinzenta
O frio está de matar.
E esta pobre nordestina
Com frio a se a agasalhar,
Rezando pra todo Santo
Pedindo pro frio passar.
*
Eu confesso já mudei
A minha alimentação
Tomo Chá tomo café
E não saio do fogão
Faço sopa e caldo verde
Tentando uma solução.
*
Vou comprar uma passagem
Pro meu sertão vou voltar
Antes que eu morra de frio
Neste gelado lugar
Estou carente de sol,
E louca pra me esquentar.
*
Foto e texto de Dalinha Catunda

12 comentários:

✿ chica disse...

Se vieres pra cá, morres então! Tá de congelar!!!Lindo cordel!beijos,tudo de bom,chica

Tereza M disse...

Que lindo cordel amiga. Estava até a pensar em ir ao RJ te visitar, mas com este frio, que está pior do que em Brasilia, fico por aqui mesmo. Pelo que te conheço, se este frio permanecer, já já tu retornas a nossa Ipueiras, e faz muito bem. Forte abraço e até breve

selma disse...

Oi,se vieres aqui para o sul de s.catarina então....passeando mesmo com este friozinho que congela as mãos da gente tlecando o pc rsrsrs,hehe....mas cgegeui aqui e gostei deste lindo poema....amei....convido para visitar o meu blog,só que já vou te prevenir....aqui congela....hehe....beijos beijos

Darci Maria disse...

Tô passando por aqui para te dar um alô e te repetir como gosto dos teus poemas. Nao me fale de frio, que estamos asindo dele, daqueles de menos 10C e no momento curtindo um calorzinho...bjs

CARLOS VAZCONCELOS disse...

Oi, Dalinha. Há quanto tempo!
Satisação vir por aqui novamente.
Tocamos em seu nme quando entrevistamos o Lucarocas, no Bazar das Letras.
Vou reativar as postagens nos blogues e os contatos (quer dizer, a gente se promete, né; tomara que o tempo permita).
Abraço.

CARLOS VAZCONCELOS disse...

Linda foto. Sou perdidinho por chuva. Essa nuvem e esse seu poema casaram-se.
abç

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Dalinha, adoro o frio carioca,
vamos trocar: eu vou praí e vc vem pracá....O cordel ficou lindo.
Venho descendo, para comentar e
leio, dinamicamente, os comentáris.
De repente, leio "Lucarocas".Grande Lucarocas, foi meu colega, numa escola do estado. Há muito não o encontro. A última vez que o vi, foi numa feira de livros, aqui em Fortaleza, quando comprei alguns cordéis dele...Quando o vir, dê-lhe um abraço meu...

Beijos
Bom domingo

Tais Luso disse...

Ah é, amiga?? Está falando de boca cheia! Vem pra cá para o sul... Acordamos com alguns zeros negativos! E o negócio ainda vai longe.

Beijos, amiga! Vai esquentar...
Tais Luso

Estela disse...

Oi Dalinha,
Passando pra te desejar uma boa semana e me aquecer um pouco nestes seus cordéis lindos.
Também sou friorenta (rss).
Beijocas.

selma disse...

Oi amiga amei sua visita,vim desejar otima semana e seguir seu blog,beijos....

Shuzy disse...

Tbm sou de SC, só agora que o frio tá dando uma trégua por aqui...

recados para orkut disse...

bem legal, adorei!