Seguidores

quinta-feira, 11 de julho de 2013

A Duplinha Rasgando Seda

A DUPLINHA RASGANDO SEDA

BASTINHA JOB
Dalinha, estrela brilhante
Da maior constelação
Não se apagou foi adiante
Com beleza e sedução
Foi só mudar de canal
Achou um galã legal
Que lhe encheu o coração!
*
DALINHA CATUNDA
Bastinha, tu vens de verso
De versos eu vou também
Eu sei que nesse universo
Versejas como ninguém
O Teu brilho é notório
Conheço teu repertório
E pra ele digo amém!
*
Foto do acervo de Dalinha Catunda

2 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso
Gostei de ler

beijinho
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ricardo- águialivre disse...

Lindo, sedutor, brilhante veia poética

Fique feliz
*******************
Querendo, visitem-me

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/