Seguidores

terça-feira, 9 de julho de 2013

APENAS FIGURANTE



APENAS FIGURANTE
*
Você me fala de amor,
Que me adora e coisa e tal...
Amigo pegue seu rumo,
Vá, não me leve a mal.
Você já saiu da tela,
Estou em outra novela,
E até mudei de canal.
*
Quando vi chegar a hora
De você sair do ar,
No camarim eu fiquei
Novo ato a ensaiar,
Imbuída na labuta
Fui feliz em minha luta
Mesmo não sendo seu par.
*
Sou estrela principal
Em um novo seriado.
As histórias fracassadas
São roteiros do passado.
Eu seguirei adiante,
Você foi só figurante,
Num caso finalizado.
*
Versos de Dalinha Catunda
Xilo de Erivaldo

3 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Lool.. Gostei muito de ler..
É mesmo assim quando não dá, muda-se de canal.
Lindo
Beijinho
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ricardo- águialivre disse...

Lindo. Maravilhoso. Divino

Felicidades

Tais Luso disse...

...Você continua a mesma, amiga! Escrevendo com garra, e rasgando o verbo lindamente!
Saudades daqui!!
Beijos mil.