Seguidores

domingo, 6 de junho de 2010

SANTO ANTÔNIO E O CASTIGO



SANTO ANTÔNIO E O CASTIGO
*
Supliquei a Santo Antônio,

Rezei e pedi, por favor!

Ó meu santo casamenteiro

Não quero perder o pudor!

Mas a demora é tamanha,

E tenho uma sede medonha,

Arranje-me logo um amor!

*

Mas o tal casamenteiro,

É um santinho do pau oco.

Eu peço o tempo inteiro

E ele se finge de mouco.

Se não passar essa agonia

Enfio o Santo na água fria

Pra ele ver o que é sufoco.

*

Cansei de fazer simpatia,

Cansei de velas e oração.

O santo só sai do castigo

Quando eu sair da solidão.

Por isso santinho querido

Arranje-me logo um marido,

Que aí eu lhe deixo de mão.

*
Texto: Dalinha Catunda
Foto retirada do blog hippopotamo.blogspot

7 comentários:

Alinhavos de PedrO MonteirO disse...

Se casar fosse tão bom
Assim como no começo,
Pergunte pro seu vigário
Porque não casar no berço?

http://fotolog.terra.com.br/marcohaurelio:227

chica disse...

Muito lindo,Dalinha e Junho é cheio das festas!beijos,chica e desejo uma linda semana!

Anônimo disse...

Oi Dalinha: Santo Antonio que se festeja cá no fim de semana tambem é o Santo Casamenteiro, cá se realizam todos os anos os casamentos das Noivas de Santo Antonio, casar é bom ser o amor entre os dois for sincero e verdadeiro.
Um beijo
Santa Cruz

Valéria lima disse...

Muito legal receber sua visita e, ao acessar o link, descobrir um blog tão especial como o seu! Adorei os versos para esse santinho do pau oco...rs
Sua visita me honrou hoje. Voltarei!

BeijooO'

- disse...

Olá. Vi que deu uma passadinha no meu cantinho. Estou muito Feliz!!! Parabéns pelo seu cantinho tbm, está maravilhoso!! Posso pedir uma ajuda? Seria no caso para vc divulgasse o Cantinho da Gleyci. Obrigada!

Blog de Ana Marly Jacobino disse...

Dalinha, com o seu versejar o santo vai lhe entregar um amor com a maior rapidez. Abraços Poéticos Piracicabanos de Ana Marly de Oliveira Jacobino

João Poeta disse...

Viva Santo antônio,
São Joao e São Pedro!
Viva o mês de junho
De casamento, eu tenho medo.
Mais um abraço
do
João.