Seguidores

domingo, 24 de abril de 2011

FORRÓ SEM ZECA


 Esta é uma pequena homenagem que presto ao meu amigo Zeca Frauzino que nos deixou dia 23 de abril de 2010.  Um ano sem Zeca e sem o seu tradicional forró que tanto alegrava a cidade de Ipueiras.

FORRÓ SEM ZECA
*
Zeca caboclo festeiro,
Gostava de animação
E fazia seus forrós
Pautado na tradição
Por um forró pé-de-serra
Batia seu coração.
*
A sanfona gemeu triste
Quando Zeca foi embora.
A quadra do Corte Branco
Não é a mesma d’outrora
O povo que lá dançava
De tristeza hoje chora.
*
Zeca estou com você
Até debaixo do chão.
Pois você trouxe alegria
Para o povo do sertão
Por mais de cinqüenta anos
Fazendo o seu chitão.
*
Com um chapéu na cabeça,
Com sorriso de menino
Cheirando a perfume bom
Via-se Zeca Frauzino,
Que cumpriu sua missão,
E foi cumprir seu destino.
*
Texto e foto de Dalinha Catunda
Visite também: www.cordeldesaia.blogspot.com
www.rosarioecordel.blogspot.com

4 comentários:

✿ chica disse...

Homenagem linda e fico boba como passa o tempo. Lembro que postaste na época. FELIZ PÁSCOA! beijos,chica

Genny Xavier disse...

Querida Dalinha,

O forró do Zeca Frauzino certamente está fazendo a festa nos salões do céu...quem promove a alegria não aposenta a sanfona...nem mesmo depois da grande viagem...
Linda homenagem, moça...como sempre suas trovas nos deliciam...
Beijos,
Genny

Gell disse...

Certo Dalinha amo margaridas tb! que bom que vc gostou do meu cantinho! volte sempre! bjusss

Tereza Mourão disse...

Dalinha, como o tempo passa rápido, já faz um ano que nosso amigo querido nos deixou, e acredito que os impueirenses tenham sentido muita falta de seu inesquecível forró. Paz e Luz a todos, que seu Zeca Frozino esteja em um lugar muito lindo, como ele merece. Abraços