Seguidores

quarta-feira, 14 de março de 2012

SAUDADE É POESIA


Hoje é o dia nacional da poesia, junto com Anízio Santos poeta de Campina Grande, canto a saudade, uma das palavras preferidas dos poetas.

ANIZIO SANTOS E DALINHA CATUNDA
CANTAM A SAUDADE
*
Até os poetas sofrem/
Quando se fala em saudade/
Este mal que nos invade/
E às vezes dela é refém/
Quando se perde um alguém/
Quanto mais um sertanejo/
Que longe dos seus ensejos/
Deixou na terra querida/
Grande amor de sua vida/
Os seus planos e desejos./
Anizio Santos
Campina Grande
*
A saudade quando bate,
Bem forte dentro do peito
É choro molhando o leito.
Naquele bate e rebate
Todo forte se abate
Cheio de lamentação,
E vai perdendo a razão,
E se acabando na dor
Chorando por um amor,
Que machuca o coração.
*
Dalinha Catunda
Rio de Janeiro
Foto:datasacomemorar.blogspot.com

7 comentários:

Gracita disse...

Parabéns Dalinha!
Hoje é o dia dedicado à nobre arte e você é uma artesã dos versos.
Seus poemas enriquece a comunidade poética e nos propicia deleite.
Tenha um ótimo dia.
Abraços
Gracita

Dalinha Catunda disse...

Querida Gracita,

Grata pelas palavras carinhosas, por estar sempre presente é este retorno que também inspira o poeta.
Um ótimo dia para você também.
Bjim
Dalinha

São disse...

Saudade é faca de dois gumes, né?

Bom dia da Poesia para si, minha amiga.

Dalinha Catunda disse...

Olá São,
Que bom tê-la aqui novamente! é um prazer grande mesmo!
Apesar do pouco tempo vou voltar a visitar meus amigos de além mar.
Mil beijos

CHIBANCA AFIADA disse...

Quando era menino montava em jegue, burro, jumentas...hoje monto em motos...e lambretas

Dalinha Catunda disse...

Pois é,
A modernidade faz estas coisas, motos e lambretas fazem parte deste mundo novo, mas uma boa montaria ainda tem seus encantos.

Raquel Santana disse...

Linda demais!!!
Saudades amiga!!!
Andei muito ocupada, problemas mil..
Mas estamos vivas!
Com saúde e em paz!
Isso é o que vale!!!
Beijos e mais beijos...

Se você estiver no FACE, me procura lá..
Raquel Santana...
Te amo!!