Seguidores

quinta-feira, 29 de março de 2012

SERTÃO DE ROUPA NOVA


 Na foto o pé de muçambê dentro do açude,
No sítio Cantinho da Dalinha em Ipueiras - Ce

SERTÃO DE ROUPA NOVA
I
Os açudes estão cheios
A natureza faz festa.
A flora sorvendo chuvas
O seu verdor manifesta.
Flores bordam a campina,
E a natureza se anima
Ao fulgor que a chuva empresta.
II
É o sertão de roupa nova,
É a caatinga reflorida.
Reaparecem as flores
O verde traz nova vida.
É o brotar da esperança
É a chegada da bonança
É a caatinga colorida.
III
A chuva faz seu milagre,
Quando molha meu rincão.
A vida brota em cores
Com a umidade do chão.
A paisagem é tão bela
Abrolha nova aquarela,
Colorindo meu sertão.
.
Texto e foto de Dalinha Catunda.

5 comentários:

✿ chica disse...

Que linda essa roupa nova do sertão.Fico feliz de ver!LINDO aqui!beijos,tudo de bom,chica

Gonzaga Filho disse...

Como é lindo ver a vida brotando na terra que amamos.
Parabéns, Dalinha. Pela bela poesia exaltando o amor a sua terra.

Nelcima De Morais disse...

Amei ver o pé de muçambê dentro d'água. Lembra demais a minha infância. Serviu-nos muito de remédio.Pena que no meu sertão ainda não choveu e está tudo muito seco e quente. bjos!

Nelcima De Morais disse...

Amei ver o pé de muçambê dentro d'água. Lembra demais a minha infância. Serviu-nos muito de remédio.Pena que no meu sertão ainda não choveu e está tudo muito seco e quente. bjos!

Blog do Riacho disse...

Caprichou na poesia! Com uma poesia assim o sertão fica mais belo!
abçs
João