Seguidores

terça-feira, 28 de outubro de 2008

ANIVERSÁRIO DE TADEU E DALINHA



Hoje comemora-se o dia do funcionário publico. O dia de São Judas Tadeu e o aniversário de Tadeu e Dalinha. Amigos que conseguem manter desde de sempre essa bonita amizade. Tadeu, parabéns para nós nesse dia, pelo aniversário e por essa bonita amizade que soubemos cultivar ao longo da vida.

Tadeu e Dalinha

Esta história minha gente,
Em Ipueiras se deu.
É a história da Dalinha,
E seu amigo Tadeu.
Era final de outubro,
Quando tudo aconteceu,

Foi o ano cinqüenta e dois,
Um ano par com certeza.
Foi festa pra dona Ineizita,
Foi festa pra dona Neuza.
Duas crianças nasciam,
Catunda por natureza.

Em 28 de outubro,
Deu-se a confirmação.
Do nascimento de Tadeu,
E de Dalinha Aragão,
Com detalhes conto agora
Esse caso do meu sertão

Dona Neuza Chupou manga,
E logo e seguida pariu.
Dona Ineizita aconselhada,
Os mesmos passos seguiu.
No mesmo dia à noite,
Seu rebento então surgiu.

O sangue dos dois percorreu,
Desde o inicio a mesma estrada.
A tesoura de dona Ineizita,
A Neuza fora emprestada
E o umbigo das duas crianças
A mesma tesoura cortava.

Nascia um menino louro,
Nascia uma morena arretada.
Era um cravo e uma rosa,
De uma primavera esperada.
Na casa das duas vizinhas,
Era uma alegria danada.

O cheiro de alfazema,
Se espalhava pelo ar.
O licor era servido,
A quem vinha visitar,
O casal de criancinha,
Que acabara de chegar.

Seu Zeca se apressou,
Em registrar seu varão.
Mas não teve humildade,
Na hora da tal opção,
Escolheu dois nomes de santo,
Mostrando sua devoção.

Dona Neuza quando soube,
Tomou logo uma decisão,
Pediu que seu Espedito,
Resolvesse a situação,
Registrando do mesmo modo,
Seu ente ainda pagão.

__ Espedito, por favor,
registre esta inocente.
Dê a ela dois nomes santos,
Para eu ficar contente,
Se lá registraram assim,
Aqui não será diferente.

E foi assim nestes termos,
Que o registro se deu:
Ela, Maria de Lourdes.
Ele, Francisco Tadeu.
E uma amizade crescente,
Entre os dois floresceu.

Um romance entre os dois,
Teve um desfecho fatal.
Tadeu flagrou Dalinha,
Fazendo cocô no quintal,
Debaixo de um canteiro,
Deu-se o trágico final.

Nascidos no mesmo dia.
Nascidos na mesma rua.
Ela nasceu com o sol,
Ele nasceu com a lua.
E dizem que são até hoje,
Farinha da mesma cuia.

O que sei é que a amizade,
Dos dois é uma realidade.
São verdadeiros amigos,
E se curtem de verdade.
E sempre que se encontram,
É p’ra matar as saudades.

Imagem:bp0.blogger.com/.../de%2Bmaos%2Bdadas%5B1%5D.JPG

8 comentários:

Regina Ramão disse...

Dalinha...
Que presente maravilhoso conhecer o teu blog. Já está lincado lá no Brisa do Sul.
Vou voltar sempre, com certeza.
Beijo grande e obrigada pela visita lá em casa.
Re

Tereza Mourão disse...

Dalinha querida,hoje é um dia muito especial principalmente por ser o dia de seu aniversário e do Tadeu, ambos conterraneos,cheios de histórias e apaixonados por Ipueiras. Que Deus ilumine sempre o caminho de vcs, que sua estrela nunca pare de brilhar. É o que deseja sua irmã do coração. Teresinha Mourão

Dalinha Catunda disse...

Re, adorei essa Brisa do Sul soprando rumo ao Nordeste. Seja Bem-vinda. Também gostei de conhecer seu espaço e voltarei por lá.
Beijinho e até mais ler.

Oi Terezinha,
Obrigada pelo carinho, pela amizade e pela dedicação. Enquanto tiver amigas como você soprando minha brasa, meu brilho não se apagará.
Beijos amiga

Bérgson Frota disse...

Parabéns a grande poestisa que neste ano feliz só tem a comemorar.

Airton Soares disse...

Minha querida amiga e quase conterrânea Dalinha, como é prazeroso visitar sua página. Tenho inveja de você, sabe? Não se assuste! É inveja do bem. Fico feliz em saber e ver a cada dia sua produtividade poética crescendo e se esparramando mundão afora.

Reproduzi seu comentário sobre o post "FALTA muita DE EDUCAÇÃO" e acrescetei umas coisinhas.

Grande abraço
AS

Airton Soares disse...

Ah, meu Jesus, onde anda meu juízo? A primeira conversa era os parabéns rsrsr

28/10/
Dalinha, hoje é o dia
de sua "inauguração"
que não lhe falte alegria
saúde, bolo e balão.

Muita paz!
AS

Dalinha Catunda disse...

Bérgson,obrigada, pelos livros enviados, pelos votos de felicidade e por essa dedicação que você tem para comigo.
Um abraço,
Dalinha

Dalinha Catunda disse...

Airton, muito obrigada,
agradeço de coração
esses singelos versos
sobre minha"Inauguração"

Minha saúde é de ferro.
Adoro bola e balão,
Para quem agrega amigos,
Alegria não falta, não.

Um abraço,
Dalinha