Seguidores

segunda-feira, 9 de março de 2009

MINHA HOMENAGEM A "ZECA FROSINO"


Na foto o cantor e sanfoneiro Edilson Vieira e "Zeca Frosino"

Hoje é o aniversário de "Zeca Frosino" que já passou dos 80 anos e continua alegrando a cidade de Ipueiras com o Forró do Zeca que acontece todo mês de julho há mais de 50 anos.
Parabéns "Zeca Frosino" pelo seu aniversário, pela sua alegria e por manter a tradição do forró pé-de-serra em nossa Ipueiras.

O SONHO DE ZECA


Um dia, um homem do povo,
Resolveu alegrar o sertão.
Teve uma idéia singela,
Que transformou em ação.
Com pouco recurso montou,
O plano do seu coração.

Com sua sabedoria,
Começou a matutar...
Tem que ser na lua cheia,
P’ra aproveitar o luar.
Assim ficará mais fácil,
P’ro povo se deslocar.

Com uma garrafa vazia,
O candeeiro montou.
Um pavio improvisado,
Na garrafa enfiou.
E foi só colocar gás,
Que o terreiro iluminou.

Contratou um sanfoneiro,
Bom de fole amigo seu.
Assim o primeiro forró,
Na Floresta então se deu.
Até hoje só falhou um,
Foi quando seu pai morreu.

Primeiro sábado de lua cheia,
Em julho p’ro nossos lados.
Dá-se a confirmação,
do forró mais animado.
Cinqüenta anos de forró,
Zeca tem em seu reinado.

É um forró sem frescura,
Onde toda criatura,
Elegante ou pé no chão,
Dança a noite inteira,
Relembrando o Zé pereira,
Unidos puxando cordão.

Na hora da saideira
O povo de Ipueiras,
Em coro começa a cantar.
É hora de ir embora,
Por que o sol não demora,
Está começando a raiar.

E assim é à volta p’ra casa,
Após uma boa noitada,
Curtida no interior.
E Zeca sorri feliz,
Mais uma vez fez o que quis,
Com a graça de nosso Senhor.

Os olhos de Zeca brilham,
Chegam quase a marear.
É a emoção brotando,
Lá dentro do seu olhar.
Seu orgulho é tão grande,
Que o peito chega a estufar.

Com sua camisa estampada,
Completamente molhada,
Feliz ele volta p’ro lar.
Sabendo que nesta trilha,
Conta com o amor da família,
Que se une para ajudar

2 comentários:

Tereza Mourao disse...

Parabéns ao Sr. Zeca Frosino por mais este ano alegrando os forró tradicionais de Ipueiras. E também a minha amiga Dalinha por está sempre a prestigiar este seu amigo. Hoje também tem um aniversário, só que diferente, faz neste 9/3 dois anos que o nosso poeta maior nos deixou. abraços a todos e uma otima semana que se inicia
Tereza Mourao

Dalinha Catunda disse...

Olá Teca,
Hoje preferi homenagear seu Zeca, pois dia 14 de março é o dia da poesia e fiz um trabalho homenageando: Patativa do Assaré,pelo centenario. Costa Matos e Gerardo Mello Mourão ídolos de minha terra.
Assim darei espaço a todos.
Mesmo assim fiz um comentário junto ao seu na postagem oficial de Ipueiras. no Suaveolens
Beijos,
Dalinha